Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

From my kitchen, with love

Experimentar, (a)provar e partilhar

From my kitchen, with love

Experimentar, (a)provar e partilhar

Bolachinhas de Limão

A pedido de quem provou e aprovou aqui fica a receita de umas bolachinhas de limão com glacê, que retirei deste blog que consulto com alguma frequência. São muito fáceis de fazer e a decoração pode ser feita de várias formas, é só dar asas à imaginação.

Ingredientes:

- 300gr de farinha
- 1 colher de chá de fermento em pó
- 70gr de manteiga
- 150gr de açúcar
- 2 colheres de sopa de leite
- 1 colher de sopa de sumo de limão

Glacê:
- 1 clara
-100gr de açúcar em pó
- corante alimentar
- confeites a gosto

Preparação:

Derrete-se a manteiga e mistura-se com o açúcar mexendo tudo muito bem. Adiciona-se a farinha, o fermento, o leite e o sumo de limão. Amassa-se bem e forma-se uma bola de massa, enrola-se em película aderente e deixa-se no frigorífico durante cerca de uma hora.
Estende-se a massa e com a ajuda de um cortador  (eu usei chávenas de café para fazer a forma das bolachinhas) corta-se nas formas desejadas. Colocam-se as bolachinhas em tabuleiros forrados com papel vegetal e leva-se ao frigorífico durante 15 minutos.
Cozem-se as bolachas em forno quente (170ºC) cerca de 10 minutos, ou até começarem a ficar douradas, retiram-se do forno e deixa-se arrefecer. Com a medida de uma chávena de café consegui fazer 53 bolachinhas.
Para a cobertura:
Bate-se a clara em castelo, mas de modo a que não fique muito presa e adiciona-se o açúcar até formar uma pasta. Eu dividi esta pasta por três tigelas e em cada uma coloquei uma gota, muito muito pequena de corante alimentar, para ter três cores diferentes, se preferirem também podem deixar o glacê branco. Depois é só barrar o glacê nas bolachinhas com uma colher, colocar os confeites por cima e deixar secar de um dia para o outro. Eu coloquei depois em pequenos sacos e distribuí por algumas amigas.


 

Ficam fantásticas :)

1 comentário

Comentar post

Who?

Cresci entre tachos e panelas. Todas as manhãs era acordada com o cheiro dos doces e salgados que saiam da cozinha da minha mãe...encomendas e mais encomendas! De todas as coisas, só havia uma que eu queria sempre: as empadas de galinha. Não existem no mundo empadas melhores que as da minha mãe. E sim, tenho a receita...mas não, não ficam iguais! Não me imagino uma cozinheira a tempo inteiro, de todo! Mas adoro cozinhar...e adoro comer, claro! Últimamente mais consiente das escolhas que faço em relação aos ingredientes e à forma de os confecionar, tenho descoberto verdadeiras maravilhas, tão simples e tão boas! Espero que vos possa inspirar :)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Look @