Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

From my kitchen, with love

Experimentar, (a)provar e partilhar

From my kitchen, with love

Experimentar, (a)provar e partilhar

Beringela recheada

Ora bem, esta receita pode ser feita com todos os ingredientes e mais alguns...eu usei os que tinha e ficou muito bem, vou partilhá-la convosco, no entanto no que diz respeito às quantidades será tudo muito relativo, depende do tamanho das beringelas, dos ingredientes com que as quiserem rechear, enfim, usem a imaginação e é sucesso garantido ;)


Ingredientes:

 - 1 beringela
 - 1 peito de frango pequeno já cozinhado (pode ser cozido ou grelhado, ou até sobra de frango assado, sem a pele)
 - 1 bocadinho de cebola para refogar
 - 1 dente de alho
 - 1 bocadinho de courgete
 - queijo mozzarella para polvilhar
 - azeite q.b.
 - sal q.b.
 - pimenta q.b.
 - salsa q.b.

Preparação:

Cortar a beringela ao meio e com uma colher retirar a polpa, reserve as "conchas" da beringela para serem recheadas. Na picadora (ou na "bimba" para quem tiver), picar o peito de frango, a cebola, o alho e a polpa da beringela. Colocar um tacho ao lume com um fio de azeite e juntar a mistura anteriormente picada bem como a courgete cortada em cubos pequenos (eu uso sempre com a casca) e temperar com sal e pimenta a gosto, ou outras especiarias de que gostem. Deixar refogar durante cerca de 15 minutos, retirar do lume e rechear as beringelas com o preparado. Polvilhar com queijo mozzarella ralado e salsa picada e levar ao forno a 180º durante cerca de 30 minutos (é conveniente ir espreitando, os fornos não são todos iguais).
 
Sirva com uma salada e arroz branco, ou então simples, foi o que fiz :)
 
Esta receita é muito boa para aproveitar sobras de carne, vegetais ou outros ingredientes de que gostem.

Who?

Cresci entre tachos e panelas. Todas as manhãs era acordada com o cheiro dos doces e salgados que saiam da cozinha da minha mãe...encomendas e mais encomendas! De todas as coisas, só havia uma que eu queria sempre: as empadas de galinha. Não existem no mundo empadas melhores que as da minha mãe. E sim, tenho a receita...mas não, não ficam iguais! Não me imagino uma cozinheira a tempo inteiro, de todo! Mas adoro cozinhar...e adoro comer, claro! Últimamente mais consiente das escolhas que faço em relação aos ingredientes e à forma de os confecionar, tenho descoberto verdadeiras maravilhas, tão simples e tão boas! Espero que vos possa inspirar :)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Look @